quinta-feira, 4 de novembro de 2010

O Jovem e a motocicleta

 
A cada 24 horas 23 jovens perdem a vida em acidentes de moto, esta constatação feita através de pesquisa realizada pelo hospital das clinicas de São Paulo, nos remete a uma seria avaliação do que estamos fazendo para evitar a perda de tantos jovens, o futuro deste país, nas vias do nosso trânsito.

Somem-se a isso os volumosos valores financeiros que saem dos cofres públicos através do SUS, na ordem de 35 mil reais por acidentado, para manter as vítimas não fatais internadas nos hospitais públicos.

Mesmo aqueles que trafegam a baixas velocidades, se não dirigirem defensivamente e observando os cuidados devidos, ao envolverem-se em acidentes, mesmo numa velocidade média de 70 por hora, o impacto de um homem de 70 quilos contra, por exemplo, um muro é de 13 toneladas.

O CONTRAN determinou a realização de cursos para motofretistas e mototaxistas, que para dirigirem profissionalmente precisam de um preparo especial. Ponto positivo para as autoridades de trânsito, mais uma medida que vem ao encontro das necessidades básicas de educação de trânsito.

Mas sabemos que nada substitui a conscientização do condutor através de uma eficiente e eficaz Educação de Trânsito, desde o ensino fundamental, passando pela criança ainda em seu seio familiar com as lições máximas de exemplo oferecidas por pais, familiares e amigos.

0 comentários:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial